segunda-feira, 5 de setembro de 2011

QUARTA-FEIRA, 07 DE SETEMBRO: MANIFESTAÇÃO em busca de alternativas ao comércio de animais no Mercado Central


Na próxima quarta-feira, dia 07 de setembro, das 11h às 16h, nas portarias do Mercado Central, o Movimento Mineiro pelos Direitos Animais, em parceria com diversas instituições de proteção e simpatizantes da causa animal, promoverá ato pacífico pela busca de alternativas ao comércio de animais no Mercado Central. O tema, que é recorrente, há anos vem sendo pautado por associações e organizações não governamentais e, no entanto, ainda não recebeu a devida atenção por parte dos dirigentes do Mercado Central e do poder público. A manifestação pretende, além de sensibilizar os comerciantes do espaço, conscientizar o público que por ali passa diariamente e a população da capital para a importância em se discutir o assunto, com a busca de soluções que visem o bem-estar dos animais, que ali permanecem expostos à venda, em condições degradantes.


Veja, abaixo, carta encaminhada ao presidente do Mercado Central.


MANIFESTO NOVO TEMPO: em busca de alternativas ao

comércio de animais no Mercado Central


Aos

Comerciantes de animais e à administração do Mercado Central de BH


É inegável o valor de seu laborioso trabalho para a economia, a cultura e o turismo da cidade, e, principalmente, para que o nosso querido Mercado Central seja acolhedor e prazeroso. É hora de festejar: passaram-se 82 anos desde que vocês iniciaram esta bela história de muita luta. Muitas transformações ocorreram, é claro! E a coragem de assumir as mudanças tem permitido que o espaço evolua e se torne cada vez melhor. Afinal, é isso que todos desejamos: que o Mercado prospere, que nos receba para nosso lazer e compras e que traga pão e alegria para os que aí trabalham.

É crendo neste nosso interesse comum e na sua disposição de refletir sobre as mudanças necessárias, que vimos propor um diálogo respeitoso e aberto na busca de soluções sustentáveis e éticas para o comércio de animais no Mercado. Ou seja, soluções que preservem a manutenção das famílias que vivem desse comércio, mas que lhes permitam trabalhar de maneira mais saudável e digna, sem se mancharem com o sofrimento dos pequeninos que lhes servem de sustento.


A convivência com a degradação tende a embrutecer nosso espírito, levando-nos a achá-la normal. Certamente não é este o interesse dos trabalhadores que comercializam animais no estabelecimento. Com certeza, eles prefeririam que os animais estivessem sadios, fortes, alegres, com espaço para tomar sol, andar, correr, pular, esticar, respirar ar ventilado, receber afagos. Enfim, que gozassem do que é essencial para o bem-estar de qualquer ser.


Até que sejam vendidos, eles passam dias a fio em desconforto sobre aramados, no exíguo espaço da gaiola utilizada, ao mesmo tempo, para comer, beber, deitar, urinar e defecar. Aliás, este é outro ponto crucial que, por certo, incomoda comerciantes e frequentadores do Mercado e que clama pela nossa coragem de buscar soluções urgentes, a higiene. Enquanto em uma ala encontra-se o comércio de animais e, com este, mau cheiro, sangue, urina, fezes, vermes, pulgas, carrapatos, atrativos para ratos e insetos, nas alas contíguas estão alimentos como frutas, verduras, legumes, cereais, carnes, laticínios, produtos de lanchonete e restaurantes.

A incompatibilidade destes dois tipos de comércio em um mesmo local é gritante e denigre a imagem do Mercado e de nossa Capital perante aos visitantes. Não raro, vemos turistas dizerem que ficaram com nojo de se alimentar no Mercado ou que ficaram constrangidos ao passar pelo corredor de animais.

Neste contexto, vimos propor aos comerciantes, maiores interessados no sucesso do Mercado, a busca de soluções para o comércio de animais e nos oferecemos para participar com sugestão de alternativas viáveis para todos - comerciantes, frequentadores e/ou protetores de animais.


Vamos fazer a diferença agora para merecer um futuro mais compassivo e justo!


Atenciosamente,


MOVIMENTO MINEIRO PELOS DIREITOS ANIMAIS

“Liberdade aos animais, ainda que tardia!”

movimentomineiro@gmail.com

Um comentário:

  1. Os adultos vivem dizendo que a adolescência, é um
    dos periodos mais marcantes da vida.
    Mais o que o adolescente pensa disso? (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/
    "Blog de uma adolescente"

    Espero a sua visita, se gostar segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Beijos,

    ResponderExcluir